Menu

Quero Internet na minha cidade!

Projeto para abrir concorrência e melhora do sinal de internet na cidade de Gaspar/ SC.

Objetivos

  • Melhora e ampliação do sinal.
  • Aumento do custo/ benefício, com a diminuição do valor e ampliação do sinal.
  • Aumentar a área de cobertura na cidade.

A ideia

Surgiu por acaso quando os nucleados chegavam na Associação empresarial para as reuniões da Acig Jovem, quando tentavam fazer o check in, o sinal 3G e wi fi dificultavam a sua realização. Todos reclamavam do sinal, máximo de 1mb no centro da cidade.
A oportunidade encontrada foi um cadastro no site da GVT (não é propaganda da empresa, mas aquela que oferece um espaço para realização da ação), "Quero GVT na minha cidade/ bairro".

Prazo da ação

Em torno de 8 meses, da ideia inicial até a instalação e comercialização dos pontos.

A ação

A operadora Oi, resultado da dissolução da Brasil Telecom, distribui o sinal "por obrigação" a todas as cidades do estado.
Levantamento dos interesses do município acerca da exploração do sinal de internet, saber se existem concessão e exclusividade na exploração do sinal de telefonia e internet, e também qual o prazo de extinção.
Contato com os empresários da cidade, principalmente os que trabalham com venda de hardware e equipamentos de informática ("Se você compra um computador, vai precisar de internet, então já acessa aqui o site e faça seu cadastro por uma internet melhor"), porque uma solicitação em massa rende muito mais resultados que o pedido sozinho. Convite para que todos façam o seu cadastro no site da GVT e assim essa empresa entender que existe demanda suficiente para instalação de sinal na região. As grandes empresas também aumentam a força da campanha.
É importante frisar que a empresa só irá instalar e distribuir o sinal caso veja que tem demanda, caso contrário não o fará. A localização de Gaspar também contribuiu para a instalação da GVT, cidade central do Vale do Itajaí, entre Blumenau, Itajaí e Brusque, e também Balneário Camboriú.
Campanha de divulgação em mídia na cidade, jornal, rádio, site do núcleo e da associação, Facebook e outras mídias sociais, principalmente pelo Twitter. Quanto maior a mídia, melhores os resultados, e sempre incluindo o link do site da GVT, que pode ser um redirecionamento do site do núcleo, que é melhor inclusive para medir os resultados.
Em todas as oportunidades, em eventos realizados pelo grupo, a divulgação da campanha era comentada. Foi relativamente fácil a massificação da campanha, pois todos os cidadãos estavam insatisfeitos com a internet, sabendo da possibilidade de uma nova empresa, o boca a boca foi automático.
É importante deixar claro que a campanha é para concorrência do sinal de internet na cidade, e que o núcleo não é responsável pela qualidade do sinal, pois é possível e provável que no início o sinal seja instável.
Também foram contatadas outras empresas, como a Sul Internet (nucleado ACII Jovem de Itajaí) que apresentou o serviço em reunião da Acig Jovem de Gaspar. No entanto o menor trabalho e maior resultado para o caso de Gaspar foi com a GVT.

O resultado

Com a nova concorrente, a Oi melhorou o sinal, de pronto elevando para 10mb e renegociou os valores dos planos.
A GVT antecipou a instalação dos armários para distribuição do sinal, pois com a confirmação da vinda da empresa para Gaspar, e necessidade de novo cadastro por telefone, percebeu que a quantidade de pessoas interessadas era muito grande, gerando retorno para a empresa.
A GVT chegou como "Deus" na cidade, imagina não precisar fazer campanha, todo mundo pedindo seu produto, e logo na chegada vender todo o seu estoque disponível, além disso, uma extensa fila de espera. Provavelmente o valor investido pela GVT em Gaspar foi pago em poucos meses.
A concessionária da GVT na cidade contribuiu com um patrocínio na AGO de Gaspar, no valor da cota mínima.
Visibilidade para o núcleo recém-criado. Maior credibilidade, visibilidade, aumento do número de nucleados, engajamento dos envolvidos. Reconhecimento da sociedade.
Prova de que o associativismo funciona, tem força e promove ganhos para todos que participam. Uma necessidade comum, que estava gerando prejuízos ao município e que foi sanado com uma campanha simples, praticamente sem custos.

gvt acig

Última modificação emSegunda, 28 Outubro 2013 15:26
voltar ao topo