Menu

Painel 30' minutos

20150624-Bate-Papo-Empresario-1

A Acig Jovem formatou um novo Painel 30 minutos, com a apresentação de 3 empresário, falando 10 minutos cada um sobre algum assunto de sua especialidade.

O bate papo aconteceu na sede da própria Acig, logo após a reunião do núcleo, com esta primeira apresentação contando com 3 empreendedores nucleados: Shirlei Bailer, Murilo Cardoso e Filipe da Costa.

Minha experiência com E-commerce

Shirlei falou sobre a experiência de montar um e-commerce de revenda de moda íntima. Seu negócio é

representar as marcas, inicialmente de Ilhota - Capital Catarinense da moda praia e lingerie, mas que devido ao perfil do empresário da cidade, teve que mudar e abrir para outras empresas também de cidades vizinhas. Shirlei contou como funciona a venda, desde a divulgação em sites parceiros e outros meios de comunicação, até a distribuição e entrega. Contou que teve que investir na compra do produto e fazer a revenda, devido a necessidade de controle de estoque e maior agilidade na entrega. Além disso, conta que a entrega via Correios é um grande desafio.

O desafio de assumir um empresa familiar

Murilo Cardoso apresentou a sua empresa, Elétrica Cardoso, começando pelo processo de transição entre seu pai, fundador da empresa e até que ele pudesse assumir a gestão da empresa. Um momento crítico do negócio foi o momento em que decidiu que não atenderia mais elétrica de carros, pois representava uma fatia importante do faturamento da empresa, mas que com isso conseguiu se tornar especialista em manutenção de motores elétricos e automação industrial. Hoje a Elétrica Cardoso é revenda autorizada de 4 das melhores marcas em motores e ferramentas atuando no Brasil, conta também com a responsabilidade de representar o bom nome de marcas constituídas no mercado.

Trabalho temporário

Filipe da Costa abordou o tema, polêmico no momento, mas que é um meio seguro e bastante vantajoso, tanto para empresa quanto para empregado, pois garante para a empresa um funcionário pelo tempo necessário para exercer determinada função, e para o empregado uma oportunidade de ter um emprego, e quem sabe até de mostrar serviço e ser efetivado depois. Filipe falou dos trâmites legais, contou algumas experiências que já teve e dos benefícios dessa modalidade.

Após as apresentações, o presidente Douglas Waltrick abriu para perguntas aos convidados, e então estendeu-se um debate produtivo sobre os 3 assuntos.

voltar ao topo